Libras Básico:

Libras Básico:

10º Módulo: Tabela de Classificadores

CLD – Classificador Descritivo

Se refere ao tamanho e forma; utiliza para descrever a aparência de um objeto, isto é, a forma, o tamanho, a textura ou o desenho de um objeto. Usualmente produzido com ambas as mãos, para formas simétricas ou assimétricas. Exemplos: – a forma e o desenho de um vaso; – o desenho de papel de parede; – a altura e a largura de uma caixa; – a descrição da roupa ou dos itens que estão no corpo. (Não descreve posição ou movimento)

CL-esp Classificador que especifica o tamanho e da forma de uma parte do corpo

A função é similar ao CL-D mas é utilizado para descrever a forma, o tamanho, e a textura de uma parte do corpo de pessoas ou animais. Exemplos: – as orelhas de um elefante; – bicos de aves diversas; – o nariz de uma pessoa; – o pêlo de um gato; – o penteado de uma pessoa; – bochechas gordas de um bebê. (Não descreve posição ou movimento)

CL-PC Classificador de uma Parte do Corpo

Retrata uma parte específica do corpo em uma posição determinado ou fazendo uma ação. A configuração da mão retrata a forma de uma parte do corpo. Exemplos: – a ação da boca de um hipopótamo; – as orelhas de um cavalo em movimento; – os olhos de alguém em movimento; – a cabeça de alguém repousando no seu ombro; – os dedos do pé sacudindo; – a ação de pés andando na lama; – a posição das pernas de alguém sentada em uma cadeira. (Descreve posição ou movimento)

CL-L Classificador Locativo

Retrata um objeto como lugar determinado em relacionamento a outro objeto. Configuração da mãom pode retratar uma parte ou o objeto todo iconicamente. Exemplos: – uma prateleira onde estão copos ou livros; – o chão onde caiu um lápis; – a cabeça de alguém batida por uma bola; – o alvo onde voa uma flecha; – o gol onde entra uma bola.

CL – S Classificador Semântico

Função similar ao CL-L por retratar um objeto em um lugar específico (às vezes indicando movimento). A configuração da mão retrata o objeto todo e o retrata abstratamente (muito pouco ou não se relaciona à aparência do objeto). Exemplo: – C copos na prateleira de um armário; – B veículos ou objetos planos; – I pessoas andando em uma direção determinada; – Y um avião ou objetos no lugar fixo; – V reta ou dobrada retratando a orientação do corpo ou das pernas de um animal ou de uma pessoa e/ou suas ações.

CL – I Classificador Instrumenta l

Esse classificador mostra como se usa alguma coisa. Exemplos: – carregando um balde pela alça; – puxando uma gaveta; – tocando a campainha da porta; – virando uma página; – limpando com um pano. (Mostra como alguém manipula um objeto)

CL – C Classificador do Corpo

A parte superior do corpo se torna o classificador na qual a parte superior (do sinalizador) “desempenha” o verbo da frase, especialmente os braços. CL-C é similar a CL-I, salvo CL-C não mostra nem a manipulação nem o toque de objetos. Exemplos: – acenando com a mão para alguém – atravessando os braços com o beiço espichado; – coçando a cabeça com perplexidade; – movendo os braços como em correr. (Não mostra a manipulação de um objeto)

CL – P Classificador do Plural

Indica o movimento ou a posição de um número de objetos, pessoas ou animais. Pode ser um número determinado ou não-determinado. Exemplos: – três pessoas andando juntas (número determinado); – pessoas sentadas na platéia (número não-determinado); – uma fila comprida de pessoas avançando lentamente; – muitos carros estacionados na rua; – dois gatos em cima de um muro.

CL – E Classificador de Elemento

Esses classificadores retratam movimentos de “elementos” ou coisas que não são sólidas, isto é, ar, fumaça, água/líquido, chuva, fogo, luz. Exemplos: – água gotejando da torneira; – luz piscando no sinal de advertência; – o movimento de um líquido no corpo ou dentro do corpo; – o vapor subindo de uma xícara de chá quente.

CL – N. CL-NOME

Esses classificadores utilizam as configurações das mãos do alfabeto manual ou os números, mas são parte de uma descrição. Exemplos: – números e nome na camisa de futebol; – um título de um livro; – insígnia em um boné; – uma sigla escrita na porta de um banco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *