Libras Básico:

Libras Básico:

2º Módulo: Os números da surdez

No Brasil No Brasil, estima-se que existam cerca de 15 milhões de pessoas com algum tipo de perda auditiva. No Censo de 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 3,3% da população responderam ter algum problema auditivo. Aproximadamente 1% declarou ser incapaz de ouvir. No Maranhão, de acordo com levantamentos realizados pelo IBGE/2000, o número de surdos é de aproximadamente 200 mil pessoas, enquanto na ilha de São Luís foram registrados 27.922 surdos Atualmente o Brasil atende a cerca de 700 mil pessoas com surdez nos diversos níveis e modalidades de ensino, distribuídas entre escolas especiais para surdos, escolas de ensino regular e ONG’s. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 1,5% da população brasileira (2,25 milhões) é portadora de deficiência auditiva. Em 1998, havia 293.403 alunos, distribuídos da seguinte forma: 58% com problemas mentais; 13,8%, com deficiências múltiplas; 12%, com problemas de audição; 3,1% de visão; 4,5%, com problemas físicos; 2,4%, de conduta. Apenas 0,3% com altas habilidades ou eram superdotados e 5,9% recebiam “outro tipo de atendimento” (Sinopse Estatística da Educação Básica/Censo Escolar 1998, do MEC/INEP). No Brasil, empresas com mais de cem funcionários devem contratar 2% de pessoas com deficiência, com 201 a 500 funcionários – 3%, de 501 a 1000 – 4 % e de 1001 funcionários em diante, 5%.

No Mundo

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que 10% da população mundial apresentam algum problema auditivo.

Outros Números

Enquanto a redução do processo de audição entre as mulheres se torna mais acentuado a partir dos 55 anos, após a menopausa, os homens começam a sofrer essa degradação, em média, já após os 30 anos de idade. Essa foi a conclusão de pesquisadores da Universidade de Dakota do Sul (Estados Unidos), após realizarem estudo que avaliou de que maneira a idade e o sexo interferem no processo auditivo. Casos de surdez podem ser evitados. Para isso é necessário que se tomem alguns cuidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aqui você encontra os melhores cursos, e fica por dentro de muitos assuntos.